POR ONDE DEVO COMEÇAR, SE QUERO TRABALHAR COM ULTRASSONOGRAFIA VETERINÁRIA?

Antes de compartilhar minha opinião sobre qual seria este caminho, gostaria de dizer que acredito ser de extrema importância o conhecimento básico de todas as áreas que compõem a especialidade de diagnóstico por imagem veterinário. Mesmo se você deseja trabalhar somente com uma delas, acho necessário conhecer as bases físicas formadoras de cada tipo de imagem e as indicações clínicas de cada especialidade. Afinal, os outros colegas clínicos e especialistas certamente em algum momento irão tirar dúvidas justamente com você sobre isto! Então é realmente fundamental ter este conhecimento básico. Isto pode ser adquirido em diversos cursos livres fornecidos no mercado, que se somam ao conhecimento adquirido durante a sua graduação.

Bem, e quanto a como iniciar na ultrassonografia? Felizmente hoje em dia não existe um único caminho. Acredito que o ideal seria aplicar-se a um programa de trainee ou residência que em geral consiste de dois anos no mínimo. Infelizmente em nosso país não existem vagas suficientes para todos os interessados em tais programas. Dai vem a segunda opção de caminho, que eu acredito levar aproximadamente o mesmo tempo, mas que depende de muita disciplina e força de vontade, além de dispor de tempo e dinheiro: fazer uma programação de cursos teórico e práticos em ultrassonografia, acompanhar a rotina de profissionais renomados (estágios), procurar por treinamentos práticos e estudar por conta própria em livros, artigos e cursos online. Esta opção, mais acessível a todos, pode levar o mesmo tempo que um programa de residência, um pouquinho menos ou mais dependendo da disponibilidade de tempo e dinheiro, além do próprio empenho em estudar, claro! Aliás, interessante lembrar que o fato de ter escolhido um caminho não exclui o outro, ao contrário! Se fizer cursos e resolver fazer residência, acredito que isto poderia melhorar ainda mais seu desempenho e encurtar seu caminho rumo a segurança profissional necessária para começar no mercado de trabalho depois.

Muita gente me pergunta sobre pós graduação em ultrassonografia ou em diagnóstico por imagem: vale a pena? Sim, sempre vale! Conhecimento sempre vale a pena. O que acontece, na minha opinião é que todos os programas de pós graduação latu senso são ricos em conteúdo teórico e por mais que haja carga horária prática, nunca espere “aprender a fazer ultrassonografia” porque é uma PÓS e a estrutura de tais programas visa ampliar o conhecimento do profissional e não formação específica. Em geral, as classes são grandes com um único professor em sala de aula. Este fator nas aulas teóricas não é um fator limitante, porém nas aulas práticas… fica humanamente impossível um professor dar atenção a mais que 6 ou 8 alunos de uma vez. Sabemos que as salas de pós têm muito mais que 6 a 8 alunos nas aulas práticas… Então, você deve estar pensando, qual melhor momento para fazer a pós graduação? E vou te responder de coração aberto: qualquer momento! Sim!!! Porque independente do momento sempre haverá a troca de experiências entre os colegas de turma, as informações importantes dos professores que transmitem não somente o que há na literatura mas sua própria vivencia e a possibilidade de ampliar seus horizontes com todo este conhecimento.

Por fim, não sei se vou desanimar você ou instigar ainda mais sua vontade em começar nesta área, mas preciso te contar que trabalhar com ultrassonografia significa não parar nunca mais de estudar! A medida que a tecnologia avança, estruturas cada vez menores são vistas, novos conceitos se sobrepõem e você realmente entenderá o sentido de educação continuada. Ter uma rede de apoio e suporte para poder tirar dúvidas (consultoria), participar sempre de encontros, congressos e workshops na área é realmente fundamental para se manter “up to date”. E eu posso te garantir, você não vai se arrepender porque esse mundo em tons de cinza realmente é maravilhoso!!!

× Como posso te ajudar?